Um romance Italiano em Luanda: O Toscano

In Italian, Maculusso, Mediano / Average $$, Restaurants by Luanda NightlifeLeave a Comment

Publi-Reportagem | Sponsored Content

Uma experiência culinária sem fronteiras, extraordinária, romântica, intimista. Essas são as palavras que usaria para descrever uma noite no restaurante Italiano-Português-Angolano, O Toscano, do Grupo Anjosan.

Por Lula Ahrens; Fotos: Keita Mayanda

IMG_4014

O Toscano situa-se nas Ingombotas (Luanda) mais abaixo do edifício das Três A’s. É uma casa bela e bem decorada, recentemente pintada de branco, com um terraço alinhado por plantas.

Dentro do restaurante, há um bar que exibe uma impressionante variedade de bebidas de um lado, e uma pequena área aberta para cozinhar pizzas do outro. A seguir, quase inesperadamente, entra-se para o que parece ser um espaço quase secreto, cavernoso, com paredes arqueadas. Num canto há um único músico tocando músicas românticas das antigas no seu violoncelo, acompanhado pela música electrónica de ambiente que vinha das colunas. A decoração interior é composta por uma variedade de candelabros, flores secas, instrumentos musicais, vasos antigos, cestas, cadeiras de aspecto dourado, talheres e pratos cor de bronze. A iluminação é suave, as performances do músico não são muito altas e dá para se manter uma conversa com volume adequado. O serviço é rápido e amigável.

IMG_3913

IMG_3941

Os pratos do Toscano correspondem as expectativas criadas por este pequeno mundo encantador.

Está aberto todos dias, e há música ao vivo todos dias a não ser domingo. Aconselhamos a reservar a mesa com antecedência, principalmente aos fins de semana.

Diz o CEO do Grupo Anjosan, José Carlos:

A nossa filosofia é oferecer um produto de alta qualidade a nível nacional. Cada um dos nossos restaurantes tem seu próprio conceito, mas estão todos enquadrados para o mercado Angolano. Apenas quatro por cento do nosso staff é estrangeira; o resto é Angolano. Recebem treinamento extensivo em Angola, Portugal e Itália.

Pimenta Rosa

Os cocktails também não decepcionam. Para um simples gin tónico (1.450 AKZ), fomos oferecidos a escolha de entre sete tipos diferentes de gin. O resultado foi um gin tónico clássico, refrescante, com pepino e pimenta rosa. Uma verdadeira alegria.

IMG_3930

Depois trocamos para um excelente vinho tinto Português recomendando pelo chef de cozinha: Monte da Peceguina (9,900 AKZ pela garrafa). Note que pode-se pedir vinho a copo neste restaurante, uma pequena vitória para nós porque muito poucos restaurantes em Luanda oferecem aos seus clientes esta opção. A lista de vinhos é extensa, com várias opções Italianas.

IMG_3923

Para a entrada, pedimos Gambero con Aglio pré Flanbiado Conhaque (camarões com gengibre, gindungo e alho, flambado no conhaque, 7.200 AKZ) e Melanzane e Zucchine alla Parmigiana (beringela e courgette com molho de tomate e queijo parmesão assado no forno, 2.100 AKZ), que foi uma ótima maneira de destacar o estilo português-italiano deste restaurante. Fazer um melanzane italiano adequado é uma arte em si, e o Toscano consegue fazer-lo perfeitamente. É uma mistura de crocante com maciez com uma pequena oleosidade que é perfeitamente complementada pelos sabores deliciosos do tomate italiano, com parmesão e ervas. Os camarões eram mais a estilo português, com o seu rico sabor derivado de um excelente jus de conhaque.

IMG_3980Gambero con Aglio pré Flanbiado Conhaque

IMG_3976Melanzane e Zucchine alla Parmigiana

Em seguida, compartilhamos uma generosa porção de Risotto al Funghi Porcini e Pomodori Secchi (risotto com porcini e tomate seco, 4.750 AKZ), servido numa panela de pedra caseira. Este prato foi um exemplo perfeito de como a fusão entre as cozinhas Italianas e Portuguesa pode entregar resultados deliciosos. A doçura e amargura dos tomates secos foi bem equilibrada pelo sabor suave do arroz e frescura do porcini. Os três ingredientes misturaram perfeitamente num caldo reconfortante; de fato, um prato muito agradável.

IMG_3953Risotto al Funghi Porcini e Pomodori Secchi

Para o prato principal tentamos o Filetto di Manzo con Vino Porto e Funghi (bife do lombo com molho de cogumelo e vinho do Porto, 5.200 AKZ) e Linguine All’Aragosta (linguine de lagosta, 4,950 AKZ). O bife é uma maravilha para aqueles que degustam dos sabores profundos e pesados. Também não encontramos muitas falhas no linguine; estava al-dente, com um saboroso molho de tomate e bem recheado de lagosta fresca e suculenta. Uma delicia.

IMG_3967Linguine All’Aragosta

IMG_3947Filetto di Manzo con Vino Porto e Funghi

Para a sobremesa, o Petit Gateau (1.700 AKZ) é altamente recomendável. Foi cozido a perfeição, meio mole e molhado por dentro, servido com gelado. Também recomendamos a versão irrepreensível do Toscano da sobremesa italiana clássica, o Tiramisú (1.700 AKZ).

IMG_4006Tiramisú

O Toscano é um de seis restaurantes em Luanda do grupo angolano Anjosan. Os outros são o La Bella Luanda situado no centro, O Trovador e 100 Maneiras no Maculusso, e o Kigrama, situado em Talatona e Palanca. O grupo Anjosan está também ativo em gestão de eventos e catering.

O Toscano

https://www.facebook.com/otoscanoluanda/timeline

Rua Samuel Bernardo 54/ Ingombotas/ Luanda

Tel: 937 008 298


An Italian romance in Luanda: O Toscano

An extraordinary, highly romantic, intimate, cross-cultural culinary experience. Those are the words we would use to describe a night out at Grupo Anjosan’s Italian-Portuguese-Angolan restaurant O Toscano.

By Lula Ahrens

O Toscano is situated just downhill from the Triple A building in Ingombotas (Luanda) in a beautiful, freshly painted white house surrounded by a cosy, nicely decorated and plant-lined terrace.

Inside, a beautiful little bar area displays an impressive variety of liquor on the one side, and a small open pizza-baking area on the other.

You then unexpectedly enter what feels like a secret, cave-like space with arched walls. In a corner sits a single musician playing nostalgic love songs on his cello, accompanied only by electronic background music coming from the speakers. Chandeliers, dried flowers, musical instruments, antique pots, baskets, vases, gold-coloured chairs and bronze-coloured plates and cutlery make up the interior décor.

The lighting is soft, the live love songs not too loud for a proper table conversation and the service is very friendly and prompt.

O Toscano’s dishes live up to expectations created by this little wonder world.

It is open every day, and there is live music every day except Sunday.

Make sure you book a table in advance, especially during weekends.

Grupo Anjosan CEO José Carlos says:

‘Our philosophy is to deliver a high-quality product at the national level. Each of our restaurants has its own concept, but they are all geared towards the Angolan market. Only four per cent of our personnel is foreign; the rest is Angolan. They receive extensive training in Angola, Portugal and Italy.’

Pink Pepper

Its cocktails do, too. For a simple Gin Tonic (1,450 AKZ) we were offered the choice between seven different types of gin. The result was a refreshing, classic GT with cucumber and pink peppercorns. What a joy.

We then switched to an excellent, full-bodied Portuguese red wine recommended to us by the chef de cuisine; Monte da Peceguina (9,900 AKZ for the bottle). Note that you can order wine by the glass in this restaurant, which is a major plus for us. Very few restaurants in Luanda offer their guests this option.

The wine list is extensive, with several Italian options.

For starters, we ordered Gambero con Aglio pré Flanbiado Cognac [prawns with ginger, gindungo and garlic, flambéed in cognac, 7,200 AKZ] and Melanzane e Zucchine alla Parmigiana [eggplant and courgette with tomato sauce and parmesan from the oven, 2,100 AKZ], which was a great way to underline the Portuguese-Italian style of this restaurant.

Making a proper, Italian melanzane is an art in itself, and O Toscano manages to pull it off perfectly. Its balance of softness, oiliness and crispness was perfectly complemented by the full, delicious flavours of Italian tomatoes, parmesan and herbs. The prawns leaned more towards Portuguese cuisine and borrowed their deep flavour from an excellent cognac jus.

Next, we shared a very generous portion of Risotto al Funghi Porcini e Pomodori Secchi [risotto with dried porcini and sun-dried tomatoes, 4,750 AKZ], served in a homely stone pot. This dish is a perfect example of how Italian-Portuguese fusion cooking can deliver delicious results. The sweetness and tanginess of the sun-dried tomatoes was nicely balanced by the earthiness of the porcini and the soft flavour of the rice. All three blended perfectly in a heart-warming broth; a very pleasant dish indeed.

For mains, we tried Filetto di Manzo con Vino Porto e Funghi [sirloin steak with Port and mushroom sauce, 5,200 AKZ] and Linguine All’Aragosta [lobster linguine, 4,950 AKZ].

The port steak is perfect for those who love deep, heavy flavours. We couldn’t fault the linguine either; it was al-dente, with a lovely tomato sauce and filled to the rim with succulent, fresh lobster. Delicious.

For desert, we highly recommend the heavenly Petit Gateau [small French chocolate cake, 1,700 AKZ], which was baked to perfection with a runny, gooey inside and served with ice cream. We also recommend O Toscano’s faultless Italian classic, Tiramisú (1,700 AKZ).

O Toscano is one of Angolan Grupo Anjosan’s six restaurants in the Angolan capital. The others are La Bella Luanda in the city center, O Trovador and 100 Maneiras in Maculusso, and O Kigrama in Talatona and Palanca.
Grupo Anjosan is also active in event management and catering.

O Toscano

https://www.facebook.com/otoscanoluanda/timeline

Rua Samuel Bernardo 54/ Ingombotas/ Luanda

Tel: 937 008 298

 

Comments

comments