O Toscano & La Bella Luanda

In Ingombotas, Italian, Maculusso, Mediano / Average $$, Restaurants by Luanda NightlifeLeave a Comment

Publi-reportagem

Itália das cem cidades e dos mil sinos é também a Itália dos cem paladares e das mil receitas. A variedade de tradições de gastronomia é o espelho de uma experiência histórica marcada pelo particularismo e pela divisão política, é o elemento que mais se impõe aos olhos e ao paladar do visitante, colocando em primeiro lugar a gastronomia do nosso país incrivelmente rica e atraente como nenhuma outra.Chef Executivo Riccardo Paglia

Desde 30 de Junho que Luanda conta com um novo restaurante italiano. Ou, melhor dizendo, dois conceitos italianos que partilham o mesmo espaço. Falamos do restaurante O Toscano e a pizzaria La Bella Luanda, localizados numa simpática vivenda convertida para o efeito na rua Samuel Bernardo, por trás do prédio amarelo das 3 As. Apesar da sua tenra idade, O Toscano e La Bella Luanda já têm conseguido conquistar uma clientela fiel. Aberto todos os dias das 12h às 15h para o almoço e a partir das 18h para o jantar, várias vezes são das poucas opções abertas no bairro. Este é o mais novo projecto do Grupo Anjosan, uma empresa angolana especializada na gestão de restaurantes, na distribuição de produtos alimentares e em catering e eventos.

O primeiro contacto que se tem com o espaço é com a esplanada da pizzaria La Bella Luanda. Se já fica assim preenchida durante o cacimbo, adivinha-se que durante o verão a tradição se manterá. O ambiente arejado e descontraído com certeza atrai as pessoas. La Bella Luanda já começa a ser conhecida por servir pizzas frescas feitas com ingredientes maioritariamente angolanos. Mantém-se a identidade italiana das mesmas, mas notam-se, em várias delas, as influências claramente angolanas.

Toscano Bar

Se a decoração da esplanada La Bella é alegre e descontraída, nada nos prepara para as salas de jantar e a decoração do Toscano. Este espaço interior não tem nada a ver com a esplanada; em vez disso, a intenção dos responsáveis era criar um espaço mais sofisticado, mais íntimo, com requinte e conforto. Para uns, poderá parecer um tanto quanto kitsch: predominam as cores prateada e dourada, e todas as paredes têm pequenas lembranças de Itália.

Toscano Sala 3

O Toscano está dividido em duas salas de jantar; numa das salas é visível um pequeno palco de madeira. Há 8 anos que o Grupo Anjosan trabalha com músicos angolanos nos seus variados restaurantes; no Toscano certamente não seria diferente. Em várias noites da semana os jantares são acompanhados por música ao vivo, normalmente bossa nova suave ou algo que combine bem com um jantar.

Enquanto que La Bella Luanda foca-se em pizzas, já O Toscano oferece-nos um menu extenso focado na gastronomia italiana mas apelativo também ao paladar angolano – a gerência fez questão de salientar a angolanidade de vários pratos da cozinha. Numa das nossas visitas, começamos pelas diferentes bruschettas, algumas simples com tomate e outras cobertas de queijo derretido, fiambre e presunto. Entre os pratos principais já comemos o peito de pato e a massa carbonara, que por sinal, ao contrário do que acontece em vários restaurantes da capital, vem sem qualquer tipo de natas. Para a sobremesa, não tem como não pedir o tiramisú, das únicas sobremesas realmente italianas no menu.

Bruschettas 3

 

Magret 2

Carbonara

Tiramisu

Do que podemos ver, todas as pessoas que trabalham neste espaço, desde os cozinheiros aos garçons, são angolanos. O Grupo Anjosan tem levado muitos deles para estudos e formações fora do país, principalmente em Portugal e Itália, em diversas áreas. O que sempre acaba por ser uma mais valia para o mercado local em que a formação do pessoal no ramo de restauração e turismo continua a ser uma das nossas maiores lacunas.

O Grupo Anjosan

O Toscano e La Bella Luanda são das mais recentes apostas deste grupo, que também gere o​s​ restaurante​s​ ​100 Maneiras e ​Trovador, no Maculusso​, ​ a Donna Pizza no São Paulo​, e o Restaurante KiGrama em dois endereços: no Palanca e em Talatona​. São também activos nas áreas de organizações de eventos e catering.​ ​

Grupo Anjosan online

Grupo Anjosan no Facebook

Café


Sponsored Content

There’s a new Italian in town. Since 30th of June this year (2015), Luanda can count on two new Italian concepts sharing the same space. We’re speaking, of course, of O Toscano and La Bella Luanda pizzaria, located on a refurbished colonial ‘vivenda’ on Rua Samuel Bernardo, behind the huge AAA building in Maculusso/Ingombotas. Despite their young age, both O Toscano and La Bella Luanda have been able to attract a faithful clientele. Open every day from noon until 3pm for lunch and from 18h00 onwards for dinner, there are days when it’s the only restaurant open in the neighborhood. This is Grupo Anjosan’s newest projects; the group specializes in restaurant management, food distribution and event catering.

As you enter the vivenda, you’ll first come in contact with pizzaria La Bella Luanda’s cozy esplanade. It’s still cacimbo (Angola’s cold season) but most times we’ve been here it’s been nearly full; it’s a safe bet to say that it will be packed during the summer. The ambiance is breezy and laid back, and in a place like Luanda it feels like a real respite from the choking traffic surrounding the area.

While La Bella Luanda’s décor is bright and airy, nothing prepared us for O Toscano’s dining room décor. It has nothing to do with the space outside and is a completely different concept. The owner’s intent here was to create a more sophisticated, sober yet intimate Italian experience without sacrificing comfort. Some might find the overall effect a bit kitsch: silver and gold are the dominating colors and the walls are full of memories from Italy

Toscano has two small dining rooms, one of which has a tiny wooden stage. Grupo Anjosan has been working with Angolan musicians for 8 years in several of their restaurants; Toscano would certainly not be an exception. During dinner several nights a week there’s live music, such as bossa nova or similar that goes well with a dinner for two.

While La Bella Luanda specializes on pizzas, O Toscano’s extensive menu focuses on Italian favorites but also dishes that appeal to the Angolan palate; management pointed out that several of their most popular entrées were more Angolan than Italian. On one of our visits we tried two different types of bruschettas – the classic kind, made only with tomatoes, olive oil and basil, and another one topped with melted cheese, prosciutto and ham. Among the several entrées we tried were the duck breast with rice and legumes and the classic carbonara, made here with actual eggs instead of heavy cream as in many other Luandan restaurants. For dessert, we couldn’t avoid the tiramisu, which was the only properly Italian option on the menu.

It was interesting to not that everyone that worked here, from the cooks to the waitstaff, was Angolan. Grupo Anjosan has taken several of them abroad for courses specializing in the culinary arts and hotel management, with Portugal and Italy being the main destinations. Which is always a positive for our local market, seeing that one of the major complaints people have about Angola’s tourism industry is the lack of qualified staff.

O Grupo Anjosan

Toscano and La Bella Luanda are Grupo Anjosan’s newest establishments; they also manage 100 Maneiras and Trovador, in Maculusso, Donna Pizza in São Paulo neighborhood, and KiGrama Restaurant in both Palanca and Talatona. The group is also active in event management and catering.

Grupo Anjosan online

Grupo Anjosan on Facebook

Comments

comments