Luandando com Januario Jano: Os 5 Lugares Preferidos do Artista

In Benfica, Ilha de Luanda, Luandando, Maculusso, Mutamba, Restaurants by Luanda NightlifeLeave a Comment

A série “Luandando” está de volta esta semana com um convidado do mundo artístico: o versátil designer gráfico Januario Jano, curador e apresentador do TedXLuanda, fundador do Coconote Studio, criador dos Kwiks e pintor. É um sonhador nato, um inovador de mente irriquieta que consegue realizar as suas ideias. Recente perfilado na revista Villas & Golfe, no blog do Ted Talks e em diversos outros fóruns, o Januario, que teve a sua primeira exposição individual na cidade do Porto no fim do ano passado, partilha connosco os seus lugares preferidos para “pitar” em Luanda.
Eu gosto mesmo é de explorar sabores assim como faço nas minhas viagens, e comer para mim é mais do que a comida no prato, mas sim a experiencia toda!Januário Jano

Kintal da Tia Guida

O lugar faz lembrar o quintal da avô, com um pequeno toque tradicionalmente Luandense.

Barbarico Dinner Club

A comida é fácil e rápida, a um preço que não fura o bolso.
Saiba mais sobre o Barbarico aqui.

Kitanda da Esquina

É sofisticado desde o design do espaço até a comida. Um bom exemplo de fusão.
Kitanda BNR
Saiba mais sobre a Kitanda aqui.

Coconuts

A comida é boa, e isto é complementada com o espaço.
Saiba mais sobre o Coconuts aqui.

Restaurante Bem-Fica

O espaço é agradavél, tem alguns sabores familiares e é discreto.
Saiba mais sobre o Restaurante Bem Fica aqui.

Sobre o Januario Jano: “Januario Jano (1979), também conhecido como Jano Mcbeeboo, desde muito cedo desenvolveu o hábito de explorar várias maneiras de criar imagens. Aos 14 anos fez o primeiro mural para a época festiva com temas de seus desenhos animados favoritos. Costumava cortar jornais e revistas para criar “scrapbooks”, explorando diferentes maneiras de imprimir usando tudo ao seu alcance. Como artistas conceptual, desenvolveu uma linha única de expressão artística que já tem sido recomendado em plataformas nacionais e internacionais, os Kwicks Pop.”
Jano Mcbeebo

Leave a Comment