Best of 2016: 21 das nossas melhores experiências do ano

In Features, News, novidades, Restaurants by Luanda NightlifeLeave a Comment

Em termos globais, 2016 não foi dos melhores anos. Mas aqui no LNL somos ‘mbora optimistas. Para os membros desta equipa, 2016 foi um ano repleto de boas experiências gastronômicas e não só. Engordamos uns kilos, sim, mas valeu a pena. Tem sido fascinante acompanhar a evolução da gastronomia em Luanda, a crescente oferta de bons espaços para se estar, comer e beber, bem como as melhorias de atendimento nos diversos restaurantes da cidade. Notamos que, mais e mais, o cliente é posto em primeiro lugar. Começa a ser notável, em muitos dos espaços que mais gostamos de visitar, a preocupação em servir bem o cliente e proporcionar-lhe experiências únicas.

Outra tendência que temos vindo a verificar, não menos importante, é a crescente importância dada aos chefes dos restaurantes, os maestros na cozinha que são verdadeiramente determinantes para o sucesso dos seus espaços.

Foi um ano muito beliscado pela crescente crise económica, sem fim a vista, provocada não só pela descida brusca do preço do petróleo mas também pela gestão desastrosa do erário público. Como é óbvio, o sector de restauração está a ser fortemente afectado por esta crise. Mas mesmo assim assistimos a abertura de vários novos restaurantes que têm elevado a qualidade de restauração na cidade capital e a diversificar a oferta para os seus fiéis habitantes.

Aqui, relembramos algumas das melhores experiências da nossa pequena equipa pelos restaurantes e bares do país no ano de 2016.

In general terms, 2016 sucked. But here at LNL we’re “glass half-full” type of people. For us, 2016 was a generous year of fulfilling gastronomical experiences. Yes, we gained a few pounds, but it was for a great cause. It’s been fascinating to closely follow the culinary evolution of Luanda, the growing number of places where you can have a good meal and a good drink, and the improvement of service standards in the city’s restaurants. We’ve noticed that, increasingly, it’s the diner’s needs that are placed in the forefront of a restaurant’s list of priorities, something that wasn’t always the case in Luanda. 

Another trend we’ve noticed is the increasing focus being put on Luanda’s chefs, the maestros in the kitchen who are vital for their restaurant’s success. 

2016 was invariably affected by the financial crisis currently engulfing the country with no end in sight, a crisis brought about due to falling oil prices and disastrous mismanagement of national wealth, but nonetheless we witnessed the opening of several new restaurants that elevated the overall quality of the food on offer here, as well as increasing the options for the city’s faithful residents. 

In this post our team remembers some of our favorite experiences of eating and drinking in Angola in 2016.

Luanda Gin Fest

Durante três dias de cacimbo, no pátio da Fortaleza, Luanda provou, degustou e celebrou o gin como jamais visto. Foi um dos melhores eventos do ano. Saiba mais aqui.

During three cacimbo days on the Fortaleza, Luanda sipped, tasted and celebrated gin like never before. It was one of the best events of the year. You can read more about it here.

Descobrir que ainda existem agências de viagens que aceitam pagamentos em Kwanzas para pacotes turísticos no exterior

Obrigado Atlântida WTA, Charme Tours, e Rucatur. É que não está mesmo fácil para nós!

Thank you Atlântida WTA, Charme Tours, and Rucatur. It’s not easy out here!

O pequeno-almoço do Hotel Baía

Aberto das 6 às 10, o Hotel Baía serve um dos melhores pequenos almoços na cidade. Somos particularmente fãs do omelete, feito na hora e em frente ao cliente. Reparamos que aos fins de semana hotel é destino preferido da malta que fica até às altas horas da manhã nas discotecas da Ilha: as 6 da manhã já está cheio!

Open from 6-10am, Hotel Baía serves one of the best breakfasts in town. Their omelettes, cooked to order in front of us, are our favorite. We’ve noticed that on weekends and holidays this hotel is a major destination for Ilha’s party crowd: they leave the clubs and come straight here, so at 6am it’s already packed!

Lançamento da versão Beta do App do LNL

Foi dos momentos mais altos do nosso ano. A versão Beta da nossa aplicação móvel já está disponível no Google Play, para telefones Androids. É apenas a versão beta e ainda não foi oficialmente lançada, mas por ser leitor deste portal, tem a oportunidade de ser uma das primeiras pessoas a experimentar o app. A mesma será actualizada com novos restaurantes, hotéis e mais, diariamente. O lançamento oficial é para o princípio do próximo ano. Download aqui

It was one of the defining moments of our year. The Beta version of our app is now available for downloads on Google Play for Android phones. Keep in mind this is only a beta version and the app hasn’t yet been officially launched, but since you’re a subscriber to this Newsletter, you get first dibs. The app will be updated daily with new restaurants, hotels and more. The official launch will be very early next year. Download here

As Fazendas do Kwanza-Sul

Tanto o Hotel Fazenda Cabuta como a Fazenda Rio Íris, duas pérolas da província do Kwanza-Sul, foram destaques no portal do LNL este ano. As duas verdejantes fazendas representam um tipo alternativo de turismo que também é possível fazer cá no país: o turismo rural.

Hotel Fazenda Cabuta
Fazenda Rio Íris

This year we wrote about Hotel Fazenda Cabuta and Fazenda Rio Íris, two of Kwanza-Sul’s jewels. Both of these vibrantly green farms represent a type of tourism that’s rarely talked about here in Angola but quite easy to partake in: the rural kind. Click on the links above to learn more.

Tupuca finalmente no mercado

Falando em apps, ficamos muito felizes com o lançamento do aplicativo Tupuca. Graças ao Tupuca, já é possível encomendar comida dos seus restaurantes preferidos ao domicílio. Disponível para Android e iOS, é um serviço de entregas ao domicílio e take-away de refeições. Actualmente a empresa faz entregas em Talatona, Nova Vida, e Lar do Patriota, com a expansão para o centro de Luanda agendada para acontecer no princípio de 2017; trabalha em parceria com vários restaurantes, incluindo o Fazendeiro, Inn Churrasqueira, Aromas, Usawa, Sucara e Hamburgaria Tia Anny, entre outros. Saiba mais aqui.

Speaking of apps, we were very happy to see Tupuca finally operational. Thanks to Tupuca, it’s now possible to order food from your favorite restaurants and have it delivered to your home or office. Available on both Google Play and the App Store, this app allows users to order delivery or take-away. At the moment Tupuca delivers to Talatona, Nova Vida, and Lar do Patriota, but an expansion into downtown Luanda is expected by early 2017; users can order from popular restaurants such as Fazendeiro, Inn Churrasqueira, Aromas, Usawa, Sucara and Hamburgaria Tia Anny, among others. Learn more

Kook oferece almoço de natal para crianças do orfanato

No princípio deste mês o Restaurante Kook organizou e ofereceu um almoço de natal às crianças do Lar Santa Madalena, a instituição de caridade apadrinhada pelo Luanda Nightlife durante o Angola Restaurant Week do ano passado (2015) com mais de 1.300.000 AKZ. O almoço foi oferecido nas instalações do restaurante que ganhou o prémio Melhor Participação no Angola Restaurant Week 2014 e, mais recentemente, o prémio Melhor Restaurante do Ano 2015. No fim do almoço, servido pelos integrantes do grupo Zona 5 e por Bruno Samora, houve entrega de prendas a todos os presentes. Leia mais sobre este almoço aqui.

In early December, Restaurante Kook organized and served a Christmas Lunch to the children from Lar Santa Madalena, the orphanage that benefited from last year’s Angola Restaurant Week, organized by Luanda Nightlife, with a donation of over one million Kwanzas. Kook, recipient of the Best Participation in Angola Restaurant Week 2014 award and, more recently, Best Restaurant of the Year 2015, offered lunch in their own dining room in Talatona. Among the servers were musicians from rap group Zona 5 and personal trainer Bruno Samora. For dessert, there were presents for everyone. Read more about it here.

Kayak the Kwanza

Não tem nada haver com gastronomia, mas a causa foi mais do que nobre e arriscamo-nos em dizer que houve aqui também uma dose saudável de turismo interno. Em junho deste ano, dois ingleses percorreram de caiaque o rio Kwanza, da nascente à foz, para arrecadar fundos para a The HALO Trust, organização internacional que actua na desminagem de diversos países, incluindo Angola. Oscar Scafidi and Alfy Weston conseguiram angariar mais de USD 10 mil, suficiente para um mês de trabalho da The Halo Trust no país. Leia sobre a viagem deles aqui.

It doesn’t have anything to do with food, but their cause was noble and we’d dare say it has a healthy dose of internal tourism thrown in. This past June, two Englishmen kayaked the entire length of the Kwanza river in order to raise money to support The HALO Trust, an international organization specializing in the removal of the debris of war, especially land mines. It has operated in Angola for years. Oscar Scafidi and Alfy Weston were able to raise over USD 10,000 for the cause, which is enough to cover one month’s expenses for The Halo Trust in Angola. You can read more about their trip here.

Comer na Nossa Sombra

Existe melhor esplanada no centro da cidade de Luanda para fugir do calor insuportável do verão? Existe em Luanda um restaurante com mais verde? Existe melhor tosta de lagosta nesta cidade?

Is there another place in downtown Luanda where one can run way from the summer heat while still being outdoors? Is there such thing as a greener restaurant in this city? Does any place here serve a better toasted lobster sandwich?

Finalmente o Huambo

Depois de mais de três anos de actividade, finalmente conseguimos publicar neste portal uma rubrica sobre a magnífica província do Huambo. Não foi propriamente a gastronomia da cidade, os restaurantes ou os hotéis que mais nos chamaram a atenção, mas sim a cidade em si e a natureza que a rodeia. Voltaremos muito em breve.

After more than three years of activity, we’ve finally published an article on this website about the magnificent province of Huambo. It wasn’t the gastronomy that took us aback, or the restaurants or the hotel, but the city itself and its surrounding natural landscape. We’ll be returning very soon. 

Lanches no Le Chalet

O Le Chalet é um café e ponto de venda de produtos lacticínios produzidos ali mesmo na Queijaria Serra N’Tandavala. É um dos orgulhos do Lubango. Rodeado de verde e abençoado pelo sossego, num cenário idílico e de difícil descrição, este pequeno café a caminho da Tundavala é o tipo de local que faz-nos questionar o porquê que quase 7 milhões de pessoas vivem encafuadas em Luanda (nós incluídos) quando há uma melhor qualidade de vida noutros pontos do país.

Le Chalet is a small café and store that sells locally produced dairy products from the Queijaria Serra N’Tandavala. It’s one of Lubango’s calling cards. Surrounded by greenery and quiet, in an idyllic scenario that’s difficult to put into words, this little café on the way to Tundavala is the type of place that makes us question why almost 7 million people (us included) live on top of each other in Luanda when there’s so much better quality of life elsewhere in the country.

Abertura do Gin Bar

Aqui no LNL somos muito fãs e lounges com sofas confortáveis, boa música e melhores cocktails. O Gin Bar nas Ingombotas preenche todos estes requisitos. Ainda bem que abriram!

Here at LNL we’re fans of proper lounges with comfortable sofas, good music and even better cocktails. Gin Bar in Ingombotas ticks all those boxes. We’re glad they opened!

5 Chefs 5 Pratos 5 Vinhos

Para os amantes de bom vinho acompanhado de excelente comida feita por chefs que trabalham cá em Angola, muitos deles nacionais, esta foi uma das melhores iniciativas do ano e é sempre um destaque no nosso calendário. Esperamos que aconteçam mais em 2017;

For lovers of good wine and great food made by chefs who work in Luanda’s restaurants, many of them Angolan nationals, this was one of the best events of the year and it’s always a highlight on our calendar. Here’s to more of these in 2017.

Abertura da Taverna do Morro

Este restaurante despretensioso no Morro Bento foi uma das surpresas mais agradáveis do ano e mereceu repetidas visitas nossas. Desde os petiscos aos cocktails, desde a qualidade do atendimento aos saborosos pratos principais da ementa, este é um espaço que está quase sempre cheio e tem conquistado a simpatia e preferência dos nossos leitores. Prova disso foi a grande actuação da Taverna na sua estreia no Angola Restaurant Week – esteve entre os três restaurantes que mais menus vendeu durante a semana.

This unpretentious restaurant in Morro Bento was one of our favorite discoveries of the year and saw repeat visits from our team. From the small plates to the cocktails, from the quality of service to the entrées, this is a place that’s almost always full and has become a favorite among our readers. Proof of this was their performance at their first ever Angola Restaurant Week, becoming one of the top three most-frequented restaurants during the week.

Onde comer bem e barato em Luanda

Estão entre os artigos mais lidos de todos os tempos no LNL e em tempo de crise cada artigo destes dá uma grande ajuda. Já vamos em 4 edições – duas foram publicadas em 2016 – mas Luanda é uma cidade grande. Há muitas edições por vir.

They’re among the most read articles on LNL, ever, which makes sense seeing that we’re going through an economic crisis and everyone is looking for cheap eats. We’re 4 articles deep – in 2016 we published two of them – but Luanda is a big city. There are more articles like these to come. 

Agenda Luandalternativa

Sem ela, não saberíamos o que fazer em Luanda! “E Ainda dizem que em Luanda não há nada pra fazer…”

Without it, we wouldn’t know what to do in Luanda! “And people still say that there’s nothing to do here…”

Ir para as Ilhas Maurícias sem visto

Sempre que ouvimos falar nas Ilhas Maurícias, associamo-la ao paraíso, bem-estar, praias de água cristalina e clima tropical. Pois o LNL vem confirmar que tudo isso é verdade, e a melhor parte é que esse paraíso tem as portas abertas para Angola. Pois é, os angolanos não precisam de visto para as Ilhas Maurícias. Faça como milhares de pessoais e leia este artigo.

Whenever we hear about Mauritius, we envision paradise, wellness, crystal-clear waters and tropical weather. Well, LNL confirms all that is true, and the best part is that this paradise has the doors open to Angola. Yes, Angolans do not need a visa to visit Mauritius. Join the thousands of people who’ve read this article and inform yourselves.

Ir para fora cá dentro

Na falta de divisas, olhamos para dentro. Foi um prazer enorme escrever estes artigos – tanto a primeira edição como a segunda – porque forçou-nos a procurar opções de turismo e lazer dentro do país. Encontramos desde safari lodges na Huíla a hotéis-fazendas no Kwanza Sul. A terceira edição já está a caminho.

With no foreign currency, we looked inward. It was a real pleasure writing these articles – both the first and second editions – because it forced us to look for tourism opportunities in our own backyard. We found everything from safari lodges in Huíla to farm hotels in Kwanza Sul. The third edition is coming soon. 

O regresso em grande do Café del Mar

Foi a maior reabertura do ano. E voltou mais lindo que nunca. O Café del Mar, amado pelos luandenses há muitos anos, esteve fechado durante cerca de 24 meses e sofreu uma profunda remodelação. Quando reabriu, deu a impressão que toda Luanda queria lá estar. E ainda quer. Encontrar uma mesa aqui sem reserva é quase impossível e o chef Octávio continua a fazer maravilhas na cozinha. Não há muitos melhores sensações do que ver o pôr-do-sol sentado num dos sofas do Del Mar com uma bebida na mão ou jantar ao som das ondas com a nossa cara metade. Luanda estava a precisar do regresso do Del Mar.

It was the biggest reopening of the year. And it came back more beautiful than ever. Café del Mar, beloved by Luandans for years, was closed for about 24 months and went through extensive remodeling. When it reopened, it seemed like all of Luanda wanted to be there. And it still does. Getting a table here without reservations is next to impossible and Chef Octávio continues to do great things in the kitchen. There aren’t many better sensations that watching the sunset from their lounge couches while sipping something strong or dining to the sound of crashing waves with a loved one. Luanda needed Del Mar.

Angola Restaurant Week

29 restaurantes aderentes, 8.541 menus Restaurant Week vendidos e 4.270.500 AKZ angariados para o Centro Social Santa Bárbara, e muito feedback construtivo da vossa parte. Foi, simplesmente, o maior Restaurant Week de sempre. Obrigado!

29 participating restaurants, 8,541 Restaurant Week menus sold, 4,270,500 AKZ raised for the Santa Bárbara Orphanage, and lots of constructive feedback from your end. It was, simply, the biggest Angola Restaurant Week ever. Thanks to you!

Fins de tarde no Restaurante Tundavala

Este restaurante a caminho da fenda é um dos nossos lugares preferidos no Lubango. Adoramos a experiência de tomar um copo num fim de tarde depois de termos caminhado pela zona. O cenário idílico deste lugar é uma das razões que Lubango está entre as nossas cidades preferidas em Angola.

This restaurant on the way to the Tundavala Gorge is one of our favorite spots in Lubango. We loved the experience of having a sundowner here after a day of trekking. This idyllic little area is one of the reasons Lubango is one of our favorite cities in Angola.

Comments

comments