48 Horas em Lisboa: 6 Lugares Onde Comer e Beber

In Bars, European, Features, Lisboa, LNL Internacional, Portuguese, Restaurants by Luanda NightlifeLeave a Comment

Africana, moura, europeia, cosmopolita. Portuguesa.

Lisboa consegue ser tudo isto. E parece que com o passar do tempo, tem sabido melhorar e modernizar-se sem perder de vista o seu passado. Já é considerada por muitos como um dos melhores destinos europeus devido a sua oferta gastronômica, a sua autenticidade e o seu empreendedorismo emergente em tempos de crise. Para quem vem de Luanda, come-se (e bebe-se) muito bem, por muito pouco, nos muitos restaurantes e bares novos espalhados pela cidade.

Estivemos na capital portuguesa no fim do ano passado (2014), e visitamos alguns dos sítios mais novos e convidativos da cidade. Se só tivéssemos 48 horas em Lisboa, eis as nossas escolhas nas próximas fotos…

African, Moor, European, cosmopolitan. Portuguese. 

Lisbon can be all this. And it seems that with the passage of time, the city has become even more adept at defining its future without losing sight of its formidable past. Lisbon is already considered by many as one of the best European destinations due to its unique gastronomic culture, its authenticity and its emerging entrepreneurial spirit in times of crisis. To those who are coming from Luanda, Lisbon is a place where one can eat (and drink) very well for very little in the plethora of top bars and restaurants spread throughout the city. 

We visited Lisbon at the end of 2014 and had a chance to sample some of the newest and most inviting placed the city had to offer. If we only had 48 hours in Lisbon, this is where we’d go…

Mercado do Campo de Ourique

Mercado de Campo de Ourique Main

Em tempos foi o mercado do bairro do mesmo nome; hoje, é um centro gastronómico. Renovado e reaproveitado, o Mercado de Campo de Ourique oferece não só produtos frescos como peixe, legumes e fruta, mas também diversas tasquinhas de vários restaurantes lisboetas e não só onde é possível comer um pouco de tudo nas mesas localizadas no centro do mercado. Encontramos sushi, carne suculenta do famoso Restaurante Atalho, mariscos do SeaMe, e mais delícias. Num sábado à noite, quando lá fomos, estava assim. Cheio.

Para além de comida, também há garrafeiras e cocktails. No Gin Corner pedimos dois gin tónicos que deveriam ser pecado de tão bom que estavam. 8 Euros cada um.

Mercado de Campo de Ourique Gin Corner

Not that long ago it was the central market in the neighborhood of the same name; today, its a gastronomic center. Renovated and rehabilitated, the Mercado de Campo de Ourique sells not only fresh local products such as fruit, legumes, and fish, but also a wide array of stalls belonging to some of Lisbon’s most famous restaurants. You can order what you want and then savour your meal in one of the several communal tables located at the center of the marketplace. We found sushi, juicy steaks from Restaurante Atalho, seafood from SeaMe, and more. On a saturday night, when we went, it was as the photo shows: full.

Besides food, there is also ample drink to be had. At the aptly named Gin Corner we ordered two gin tonics that should have been illegal, that’s how good they were. 8 euros a pop.

Mercado da Ribeira

Mercado da Ribeira

O Mercado da Ribeira, do outro lado da estrada da estação do Cais de Sodré, segue o mesmo conceito do Mercado de Campo de Ourique. Curiosamente, é um projecto da Time Out Lisboa, entidade que ganhou o concurso para a renovação deste Mercado e nele edificou um templo de gastronomia. Se o LNL conseguisse fazer algo remotamente parecido com este lugar cá em Luanda…

Mercado da Ribeira, located across the street from the Cais de Sodré station, has the same concept as the Mercado de Campo de Ourique. What’s interesting about it is that this particular market is an initiative by Time Out Lisboa, who won the commercial rights to the property in a contest organized by the city of Lisbon. They promptly decided to transform the market into a gastronomic temple. If our LNL team could do something remotely similar here in Luanda…

Mercado da Ribeira Ostras

Fomos ao Mercado da Ribeira com um grupo grande. Comemos de tudo. Desde ostras do SeaMe e bifes perfeitos do Café de São Bento às delícias das cozinhas de autor de cinco chefes portugueses que têm quiosques permanentes no Mercado. São, ao todo, 35 quiosques ou cantinas, vendendo uma eternidade de iguarias, petiscos, refeições, cocktails, e mais, representando alguns dos melhores restaurantes da cidade.

We went to Mercado da Ribeira with a big group. We ate just about everything. From oysters by SeaMe to perfect steaks by Café de São Bento and the delicious treats from the 5 permanent kiosks at the Mercado owned and operated by 5 prominent Portuguese chefs. There are 35 food kiosks in total, selling an amazing assortment of petiscos (tapas), full meals, cocktails, and more, representing some of the best restaurants in Lisbon.

Mercado da Ribeira Cinco Lounge

A bebida que vê na foto chama-se “Smells Like Christmas”. E sim, cheirava mesmo a Natal. Servida quente, é uma criação da tasquinha do Cinco Lounge no Mercado da Ribeira, sendo o Cinco Lounge “só” um dos melhores bares de cocktail em Lisboa.

The drink you see on the photo above is called “Smells Like Christmas”. And yes, it smelled (and tasted) just like Christmas. Served hot, it was created by the guys from Cinco Lounge kiosk, Cinco Lounge being hands down one of the best cocktail bars in Lisbon. 

Mercado da Ribeira Tartar-ia

Ficamos no Mercado da Ribeira durante cerca de 3 horas, mas podíamos ter ficado ainda mais. Despedimo-nos com um luxuoso tártaro de atum do espaço “Tartar-ia”, um projecto de autoria do chefe Die­ter Kos­china do Restaurante Vila Joya, “apenas” um dos 50 melhores restaurantes do mundo e detentor de duas estrelas Michelin. É isso: no Mercado da Ribeira come-se assim.

We stayed at Mercado da Ribeira for about 3 hours, but we could have stayed for longer. We said goodbye with a delicious tuna tartar from the Tartar-ia kiosk, a project by none other than Dieter Koschina, Austrian chef of the Michelin-starred Vila Joya Restaurant and one of the 50 best restaurants in the world. Mercado da Ribeira has these sort of surprises.

Petiscaria Ideal

Petiscaria Ideal

Sendo eternos apaixonados por petiscos, não podíamos deixar de visitar a Petiscaria Ideal, situado numa ruela em Santos, perto do novo restaurante do Paulo Flores. Os petiscos são uma maravilha e a carta de vinhos também. Não saia sem provar o atum braseado. Recomenda-se aos que gostam de partilhar e provar várias coisas na mesma refeição.

As eternal petisco-lovers, we couldn’t ignore Petiscaria Ideal, a small plates restaurant located on a little street in Santos neighborhood, close to Poema do Semba (Paulo Flores’ new restaurant). Recommended to those that like to share plates and explore Portugal’s rich culinary heritage through several different types of petiscos. 

Foto de lisboa.convida.pt

O Bom, O Mau e O Vilão

O Bom o Mau e o Vilão

Não só de comida vive o homem. Felizmente, Lisboa está muito bem servida no que toca a novos bares e cocktail lounges. Se só estiver na capital portuguesa por 48 horas, uma visita ao novo espaço “O Bom, o mau e o vilão” (sim, o nome é este mesmo) é imprescendível. Descobrimos o bar por acaso quando descíamos pe la Rua do Alecrim em direcção à Pensão do Amor (outro lounge de visita obrigatória). Fomos atraídos pela boa música e a boa energia que emanava do espaço. E também porque nos fazia lembrar a Taberna Urbana em Luanda.

Não nos arrependemos. Antes pelo contrário. O pessoal é ecléctico, a música também, tem várias salas com diferentes ambientes e é servido por dois bares que servem cocktails sérias. Isso para não falar da decoração ou do piano que ocupa a sala principal. Entre sons de afrobeat, funk, soul, e jazz, passam-se bons tempos aqui.

But Lisbon isn’t just about the food. Thankfully, the city is full of excellent, new bars and cocktail lounges. If you’re only in Lisbon for 48 hours, make it a priority to visit O Bom, o mau e o vilão, a new cocktail bar that hosts a slew of cultural activities and fantastic music. We found the bar at random as we descended Rua do Alecrim towards Pensão do Amor (another must-visit) and were attracted by the great music and great energy coming from the place. It reminds us of Taberna Urbana in Luanda. 

It’s a good thing we went it. The crowd is eclectic, as is the music, and there are different rooms with different moods and ambiances. There are two full bars serving serious cocktails and the décor is another draw, as is the grand piano that occupies the main room. Between some afrobeat, funk, soul and jazz, there are great times to be had here. 

Foto por lifecooler.com

The Insólito

The Insólito

Já não conseguimos visitar Lisboa sem passar pelo Decadente, o restaurante & bar do melhor hostel que conhecemos, The Independente. No terraço ao lado abriu The Insólito, pertencente aos mesmos donos e com uma vista “brutal” sobre o Miradouro de S. Pedro de Alcântara. É conhecido tanto pela qualidade da comida como das cocktails, o que significa que está quase sempre cheio. É um dos novos hotspots da cidade.

We’re unable to visit Lisbon without dropping by the Decadente, a bar and restaurant in the best hostel we’ve ever seen – The Independente. On its rooftop a new bar opened, called The Insólito. It’s one of Lisbon’s most sought after venues and has a breathtaking views over the Miradouro de S. Pedro de Alcântara, in a city full of breathtaking views. It’s known for the quality of its food and the quality of the drinks, which means you’ll find it almost always full. One of Lisbon’s new hotspots.

Foto por gotolisbon.com

Park

Park2

Por fim, continuamos a frequentar o Park, mesmo em tempo de frio. A música é de outro nível, o pôr do sol é magnífico, e a vista por si só merece visitas repetidas. O acesso é feito via um parque de estacionamento (daí o nome) e o bar está localizado no 6º andar do mesmo.

Park

Park is the kind of place that reminds us of Williamsburg, Brooklyn. It’s a fantastic rooftop bar located on top of a 6th floor parking garage. And only accessible through said parking garage. People we’ve taken there always think we’re taking them to the shadiest place in Lisbon, but once on top the view is beautiful and you’ll find yourself coming back multiple times. 

Leave a Comment