O Novo Restaurante do Hotel Terminus

In ***, Angolan, Hotels, LNL Além Fronteiras, Lobito, Praia, Puxado / Upmarket $$$ by Luanda NightlifeLeave a Comment

Uma visita ao Lobito não pode terminar sem uma passagem pelo lendário Hotel Terminus. Actualmente, quem visita o espaço não tem como não passar pelo novo e moderno hotel e restaurante, enquanto o seu irmão mais velho, o Terminus original, está a ser renovado.

Por Lula Ahrens

Terminus Noite

A história do Hotel Terminus remonta ao ano 1902, quando a linha ferroviária de Benguela estava em alta produção. O interior tem um estilo colonial que foi preservado ao longo dos anos e dá ao hotel um ar histórico e nostálgico. Mas os lugares históricos precisam de manutenção, e o hotel fechou suas portas temporariamente para poder se concentrar em obras de renovação.

O contraste entre o antigo Hotel Terminus e o novo – localizado mesmo um ao lado do outro – não poderia ser mais evidente. A nova versão do Hotel Terminus abriu ao público há cerca de um ano e meio atrás. O edifício é moderno, rectangular e pintado de amarelo. O design interior é minimalista e tranquilo, com cores suaves e paredes de vidro com vista para a praia. A nossa primeira impressão foi que era ‘boring!’ mas nós mudamos completamente de ideia durante uma tarde no novo restaurante do Terminus.

IMG_6296

O novo Terminus tem um efeito relaxante sobre o corpo e a alma com o seu design moderno e suave. O edifício é tão sereno e arejado como a praia tranquila ao seu lado. Não há nada que distrai da serenidade, incluindo o hotel e excelente serviço do restaurante.

O buffet do restaurante é bem colorido com uma exposição bonita e convidativa de entradas, sobremesas e alguns pratos principais. Os hóspedes são oferecidos a escolha entre o peixe fresco grelhado ou o buffet (5000,00 AKZ). Os pratos do buffet estavam tão apetitosos que não pensamos duas vezes e queríamos atacar logo.

Terminus Marisco

IMG_6278

IMG_6297

Mas não sem experimentar primeiro um cocktail de 1500,00 AKZ. A margarita perfeita tem tudo haver com sabores frescos, um pouquinho de triple sec e açúcar. O Terminus acertou em cheio, e ainda mais com a sua apresentação elegante. O restaurante também dispõe de uma grande seleção de vinhos.

IMG_6306

Ao contrário do buffet típico Angolano, a frescura e alta qualidade dos ingredientes foram imediatamente aparentes após a degustação. A nossa salada serviu como um bom exemplo disso, embora que o ovo recheado que adicionamos estava velho e seco; um erro desnecessário. A sopa picante de abóbora e gengibre também não decepcionou. Para o prato principal, experimentamos o atum enrolado em bacon com molho de manteiga, e também experimentamos a sugestão do chefe: filé de hake frito. Nós adicionamos uma variedade de pratos coloridos de vegetais deliciosos.

IMG_6292

IMG_6290

Vamos começar com a nossa segunda decepção: o bife de atum. Estava maravilhosamente temperado, mas tão seco como atum conservado em lata, ao invés de mal passado ou medio como deveria estar. O filé de hake foi uma história totalmente diferente; sua textura firme, suculenta e saborosa foi feito ainda melhor com a variedade de legumes que adicionamos; beringela ao alho, um molho de tomate caseiro e um espinafre a lá creme delicioso.

Para a sobremesa, tentámos o bolo de coco e mousse de caramelo. O bolo de coco estava coberto em caldo doce; sua doçura intensa dominou todos os outros sabores. A mousse de caramelo por outro lado, foi deliciosamente leve, cremoso e delicadamente aromatizada com uma pitada de canela.
IMG_6294

Será que recomendaria o novo restaurante do novo Hotel Terminus? Com certeza. E já agora, porque não experimentar um dos quartos também?

Terminus Quarto

Terminus Moeet

Contactos
Reservas: 932 847 544
Facebook


A visit to Lobito used to be incomplete without a visit to the legendary Hotel Terminus. Currently, determined visitors have no choice but to try the new, modern hotel and restaurant while its older sister undergoes renovation.

By Lula Ahrens

Hotel Terminus’ history dates back to the year 1902, when the Benguela railway was finally in full swing. Its colonial-style interior has been honoured over the years, which gives the hotel an air of historical nostalgia. But historical places need maintenance, and the hotel has closed its doors temporarily to be able to focus on renovation works full-time.

These contrast between the new and the old Hotel Terminus – located right next to each other – could not be starker. The new version opened to the public some 1,5 years ago. It has a straightforward, modern multiple-box-like shape and is painted bright yellow. The interior design is minimalistic and tranquil, with subdued colours and glass walls overlooking the beach. Our first impression was ‘Boring!,’ but we changed our minds completely during an afternoon at Terminus’ brand new restaurant.

That’s where one quickly notices the effect that the new Terminus’ understated, modern design has on the mind and soul. This building is as serene and airy as the tranquil beach it overlooks, and there is nothing there that distracts from that serenity, including the hotel and restaurant’s top-notch service.

In the buffet restaurant right next to the spacious entrance hall and bar, colouring is provided by a beautiful and inviting display of starters, mains and deserts.

Guests are offered the choice between freshly grilled fish or the buffet [5000 AKZ]. The buffet dishes looked so attractive that we didn’t give it a second thought and headed almost straight for it.

But not without trying a 1500 AKZ cocktail first. The perfect margarita is all about fresh, crisp flavors barely tempered by triple sec and sugar. Terminus got that just right, and even more so its elegant presentation. The restaurant also boasts a large wine collection.

Unlike the average Angolan buffet, the freshness and high quality of the ingredients were immediately apparent upon tasting.

Our self-assembled salad was a prime example, although the stuffed egg we added was old and dry; an unnecessary error.
The spicy, tangy pumpkin and ginger soup did not disappoint either.

For mains, we tried tuna enrolled in bacon with butter sauce, as well as the chef’s recommendation: fried hake fillet. We added a variety of delicious-looking, colourful vegetable dishes. 
Let’s start with our second disappointment: the tuna steak. It was beautifully spiced, but as dry as tinned tuna, rather than medium-rare or rare as it should be.

The hake fillet was a different story altogether; its firm, juicy texture and full flavour was made even more exciting by the variety of vegetables we added; soft, garlicky aubergine; a deeply flavoured, deliciously sweet and tangy home-made tomato sauce and beautiful, home-made spinach a la crème.

For desert, we tried caramel mousse and coconut cake. The coconut cake was covered in syrup; its intense sweetness overwhelmed all other flavours. The caramel mousse on the other hand was delightfully light, creamy, and delicately flavoured with a sprinkle of cinnamon.

Would we recommend new Hotel Terminus’ restaurant? Definitely. And while you’re at it, why not try one of the rooms as well?

Leave a Comment