Kinwica Resort: Paraíso de nome e de alma

In Angolan, Hotels, Puxado / Upmarket $$$, Soyo by Luanda Nightlife1 Comment

Texto: Pedro Correia
Fotografia: Vasco Célio

Este artigo foi publicado na edição Agosto-Setembro 2016 da Revista Rotas & Sabores, parceiro de mídia do Luanda Nightlife. Leia a revista na sua íntegra aqui.

Click here for English

O poderoso rio Zaire estende as suas margens por entre o verde da paisagem da zona mais a Norte de Angola e num terno abraço envolve um dos lugares mais bonitos da cidade do Soyo.

Quem viajar para esta região do país pode encontrar no Kinwica Resort um verdadeiro refúgio para um fim-de-semana ou para umas férias mais prolongadas. Está situado à entrada da localidade, mesmo junto às águas do rio, o segundo maior de África e um dos mais caudalosos do mundo.

Em língua nacional Kikongo, falada em toda a região Norte de Angola, Kinwica significa “Paraíso”, nome que bem se aplica a este empreendimento turístico de excelência. Tem 37 quartos que encerram todas as comodidades necessárias em pequenas casas de madeira totalmente equipadas e decoradas num estilo rústico e tradicional angolano, dando uma verdadeira sensação de relaxe.

Pela manhã, o despertar é acompanhado pelo chilreio das dezenas de pássaros de várias espécies que povoam as árvores que dão um aspecto fresco à vasta área do resort que se estende até às margens calmas do Zaire ocupadas por mangais a perder de vista.

Ao longe, um pequeno porto onde, depois de um reconfortante pequeno-almoço, embarcamos numa viagem pela beleza ímpar dos muitos canais do rio e que nos leva igualmente à Ponta do Padrão, lugar onde há mais de 500 anos aportaram as primeiras caravelas portuguesas comandadas por Diogo Cão. Uma viagem com encontro marcado com outros episódios da História e que nos recordam a rota dos escravos ao passar por lugares onde os negreiros fundeavam à espera da carga humana levada como escrava para outros lugares do mundo.

No regresso, as opções abrem-se com um mergulho nas águas frescas da piscina junto ao bar, que serve saborosos e coloridos cocktails e refrescantes sumos naturais, uma ida ao ginásio e um relaxante banho com hidro-massagem no spa situado num pequeno recanto com vista para as margens do rio Zaire.

Num passeio pelo Kinwica entramos em contacto com a natureza e com recantos únicos como o que foi criado no cimo de um imbondeiro onde se pode relaxar em pequenos bancos de madeira numa esplanada com vista privilegiada para o rio Zaire.

Depois, é hora do almoço. O restaurante-bar, elegantemente decorado ao estilo tradicional de Angola, oferece um leque variado de opções gastronómicas, desde a lagosta fresca às mais doces sobremesas, passando pela cozinha angolana que oferece os melhores pratos da gastronomia tradicional.

Entre as sugestões do chef estão as tostas de atum, como entrada, apetitosos medalhões de lagosta com molho de cerveja, a colorida salada Zaire, a lagosta imperial, os filetes de cherne com banana frita e o molho de camarão e ainda uma grelhada mista de carnes, além do funge-com-todos aos fins-de-semana. Refeições sempre complementadas com as saborosas sobremesas do dia.

Para quem gosta de testar os seus dotes de cantor, ou quer simplesmente divertir-se com familiares e amigos, o Kinwica Resort reserva para as sextas-feiras noites especiais de karaoke.

Tome Nota

Como ir

Pode chegar ao Soyo, no Zaire, de avião. As opções variam entre a TAAG e outras pequenas companhias aéreas que realizam voos regulares para aquela região de Angola. Se escolher ir de carro tem de saber que a única estrada de ligação entre N’zeto e Soyo não está asfaltada e por isso é desaconselhada na época das chuvas (entre Outubro e Maio). Em qualquer época do ano é aconselhável fazer a viagem por estrada em viaturas todo-o-terreno.

Onde ficar

Mesmo à entrada do Soyo está situado o Kinwica Resort, (www.kinwica.com; kinwica@gmail.com; kinwica@facebook.com; tel.: +244 926502 044), onde se pode hospedar e descansar confortavelmente num dos bungalows localizados muito perto de um dos canais do rio Zaire.

Onde comer

O Soyo oferece várias alternativas. O restaurante do Kinwica Resort serve pratos da cozinha tradicional angolana e internacional.

Imperdível

O passeio de barco pelos canais do rio Zaire e uma visita à Ponta do Padrão.

Preços médios

O preço dos quartos varia entre os 22 mil e os 30 mil Akz com pequeno-almoço incluído. As refeições no restaurante custam, em média, 3 mil Akz.


Kinwica Resort: A paradise by name and soul

By Pedro Correia
Photos by Vasco Célio

This article was published in the August-September 2016 edition of Rotas & Sabores magazine, Luanda Nightlife’s media partner. Read the magazine in full here.

The powerful Zaire River meanders through the green landscape of northern Angola and tenderly embraces one of the most beautiful places in the city of Soyo. If you travel to this part of the country will find a true weekend or holiday getaway at Kinwica Resort, located upon entering Soyo right next to the river, the second largest in Africa and one of the mightiest in the world.

Kinwica means “Paradise” in Kikongo, the native language spoken across northern Angola, and is a name well given to this tourist resort by excellence. The resort’s 37 small wooden lodges, decorated in rustic Angolan style and fully equipped with all necessary facilities, transpire a real sense of relaxation.

In the morning, you awake to the twittering of dozens of birds from various species living on the trees that freshen the vast resort area bounded by the calm shores of the Zaire River and mangroves as far as the eye can see.

In the distance stands a small harbor, from where, after a comforting breakfast, you can embark on a tour of the extraordinary beauty of the many river channels, which also leads to Ponta do Padrão, the spot where the first Portuguese caravels commanded by Diogo Cão made land over 500 years ago. The journey is a rendezvous with other episodes of history and a remembrance of the slave trade, as one passes through places where once slavers anchored their ships and waited for the human cargo taken as slaves to other parts of the world.

On returning to the resort, you have the choice of dipping in the cool waters of the swimming pool next to the bar that serves luscious vibrant cocktails and refreshing natural juices, exercising in the gym or enjoying a relaxing bath with hydromassage in the spa nestled in a secluded spot overlooking the margins of Zaire River.

A walk through Kinwica will bring you into contact with nature as well as lead you to discover unique places, such as the panoramic terrace created at the top of a baobab tree, where you can relax on small wooden benches and delight in the privileged view of the Zaire River.

Afterwards, it is time for lunch. The restaurant and bar, elegantly decorated in traditional Angolan style, offers a good range of eating options, from fresh lobster to the sweetest desserts, including the best-known dishes of Angolan cuisine.

Among the chef’s suggestions were tuna sandwiches as starters, followed by mouthwatering lobster medallions with beer sauce, the colorful Zaire salad, imperial lobster, turbot fillets with fried bananas and shrimp sauce, and meat kebab, in addition to funge with different sauces on the weekends. Meals are always polished off by the delectable desserts of the day.

For those who like to test their singing skills, or simply want to have fun with family and friends, the Fridays evenings at Kinwica Resort are turned into karaoke nights.

Take Note

How to get there

You can reach Soyo, in Zaire province, by airplane. Options vary between TAAG and other small airlines flying frequently to that part of Angola. If you choose to go by road, be advised that the only connecting road between N’zeto and Soyo is not tarred and therefore not recommended during the rainy season (from October to May). At any time of year, it is advisable to take to the road in four-wheel-drive vehicles.

Where to stay

The Kinwica Resort is located just upon entering Soyo (www.kinwica.com; kinwica@gmail.com; kinwica@facebook.com; Ph.: +244 926 502 044). You will stay and rest comfortably in one of the bungalows located on the shores of a channel of Zaire River.

Where to eat

Soyo offers several choices. The Kinwica Resort restaurant serves Angolan as well as international food. 

Must do

Boat ride through the Zaire River channels and a visit to Ponta do Padrão.

Average prices

The price of the rooms varies between 22,000 and 30,000 Akz with breakfast included. The average price for meals at the restaurant is 3,000 Akz.

Comments

comments