Onde comer bem e barato em Luanda: 6 restaurantes com boa relação preço-qualidade

In Acessível / Affordable $, Angolan, Bairro Operário, Bairro Popular, Benfica, Chicala (Ilha de Luanda), Chinese, Features, Ilha de Luanda, Indian, Morro Bento, Portuguese, Restaurants, Talatona by Luanda Nightlife3 Comments

Em primeiro lugar, há que esclarecer alguns pontos: barato não significa o mesmo para toda gente, e seguramente que esta lista não será de agrado de todos os nossos leitores. Outro ponto: Luanda é das cidades mais caras do mundo. O que é barato aqui, em Nova Iorque é um jantar num excelente restaurante com um cocktail incluído. Cocktail sério, diga-se de passagem. Ou seja: esta lista é para ser apreciada com base na nossa realidade peculiar, onde, em média, o preço de um prato de carne ronda os 3.000 AKZ e um prato de peixe ronda os 3.500 AKZ.

O que segue é uma lista de vários restaurantes onde é possível comer bem e comer barato, sem stress de kumbu, nas maiores das calmas. São lugares que apreciamos bastante não só pelos preços mas também devido ao atendimento simpático e o ambiente acolhedor e caloroso. São lugares onde ainda é possível não levar a carteira recheada e mesmo assim sair de lá com a barriga cheia.

Sem mais rodeios:

Restaurante Etíope

photo 4

Pelas ruas do Bairro Operário encontramos um dos restaurantes em Luanda com melhor relação preço-qualidade. Não existe menu – só tem os pratos da casa. A casa oferece um dos mais conhecidos pratos típicos da Etiópia: uma mistura de diferentes tipos de carnes, vegetais e legumes, servidos por cima de uma base de pão etíope numa travessa de alumínio. Esta mesma travessa serve, confortavelmente, duas pessoas famintas. A nossa refeição, amplamente regada com Cucas geladas e ainda um tradicional café etíope para cada, rondou os 3.000 AKZ (1.500 AKZ cada).

Fica aqui a dica: não ir ao Restaurante no dia a seguir a uma chuvada. As ruas do BO ficam intransitáveis. Outra dica: um conhecimento mínimo de inglês torna a comunicação com o pessoal um pouco mais fácil.

Artigo LNL

(Com endereço, número de telefone, etc.)

Vista da Fortaleza

Este restaurante é uma anomalia na Chicala por não ser uma barraca e por ter um extenso e variado menu com comida indiana, chinesa, portuguesa e angolana. Pertencente a uma família indiana e com cozinheiros de vários países, a Vista da Fortaleza tem uma vasta gama de pratos abaixo dos 3.000 AKZ, incluindo pratos tradicionais angolanos bem como os pratos tradicionais chineses e indianos. Normalmente, o prato do dia custa 1.500 AKZ. Convém dizer também que o restaurante oferece serviço de take-away.

Fica aqui a dica: De novo, ter em mente que se no dia anterior choveu à sério, as estradas vão estar complicadas. Mas como este fica próximo à entrada da Chicala, não terá de andar muito. Posto lá, não se esqueça de apreciar a vista…

Artigo LNL

(Com endereço, número de telefone, etc.)

Restaurante Bar 688 – FECHADO

O coqueluche do chef angolano Rui Sá. O 688 auto-intitula-se como sendo um restaurante de cozinha angolana gourmet. Localizado no Bairro Popular, lá podemos encontrar variações deliciosas de pratos tradicionais angolanos num espaço sem pretensões, num bairro sem grande alarido e com preços “em dia”. A relação qualidade/preço é optima e nunca sentimos que estamos a pagar demais pelo que comemos. Os preços são medianos para Luanda, com os pratos principais entre os 2500 e 3500 Kwanzas.

Fica aqui a dica: Quando ler o menu, faça várias escolhas. Pelo menos três. Acontece sempre que as suas duas primeiras escolhas não estarão disponíveis. E não esqueça de pedir a caipirinha de morango – é das melhores da cidade. A não ser que não a têm…

Artigo LNL

(Com endereço, número de telefone, etc.)

Restaurante Bem Fica

É na comida que está a mais valia do Restaurante Bem Fica, o que obviamente é muito bom sinal para um restaurante.  As porções são generosas e a cada prato estava muito bem temperado. Como entrada comemos o choco frito (1250 AKZ) que vem com jindungo e um molho tártaro caseiro; foi dos melhores chocos fritos que alguma vez comemos em Luanda e a tentação de pedir uma outra dose era grande. Chegava facilmente para duas pessoas. Os pratos principais também são menos que 3.000 AKZ. Por exemplo, o bacalhau a lagareiro custa 2350 AKZ enquanto que o frango corado com batatas e legumes salteados custa uns modestos 1700 AKZ. E as porções são gigantes.

Fica aqui a dica: O Bem Fica fecha às 20h30, então terá de jantar um pouco mais cedo. O acesso é feito por terra batida, então vale a mesma alerta sobre a chuva.

Artigo LNL

(Com endereço, número de telefone, etc.)

Cantinho do Sossego

Cantinho do Sossego Feijoada

Um dos nossos preferidos na zona de Talatona e Morro Bento. Um verdadeiro oásis na cidade, onde predomina o verde. Apesar do pessoal ser simpático e acolhedor, o atendimento é extremamente lento, por isso se vier cá é para vir sem pressa. Entre os melhores pratos do Cantinho está o mufete com um saboroso feijão de óleo de palma, que segundo um dos nossos leitores é “digno de alambamento”. A feijoada também é excelente. Os pratos aqui muito raramente passam os 3.000 AKZ, e as porções são generosas.

Fica aqui a dica: à noite, trazer repelente. De dia, fazer amizade com as moscas, porque são muitas. E querem ser suas amigas. Por outra, o acesso é feito por terra batida…

Artigo LNL

(Com endereço, número de telefone, etc.)

Kam’bar – FECHADO

É extremamente difícil encontrar restaurantes baratos na Ilha. Felizmente o Kam’bar veio acabar com essa brincadeira. É um espaço bonito, bastante acolhedor, com muita atitude e personalidade própria. A decoração está uma delícia e foi pensada até ao último detalhe. O Kam’bar tem a honrosa distinção de ter as gambas ao alho mais baratas da cidade – sim, da cidade! – 1.300 AKZ por sete gambas, das grandes, com um molho divinal e pão levemente tostado para acompanhar. Desafiamos os nossos leitores a encontrar gambas assim por mais barato. O prato mais caro no menu custa 2.500 AKZ – medalhões com bacon e cogumelos salteados. Há também escolhas vegetarianas. O menu é pequenino, mas os preços também: comemos entrada, prato principal e fino por 4.050 AKZ (uma pessoa).

Fica aqui a dica: À data deste artigo (20 de Abril 2015), o Kam’bar tem apenas umas 4 semanas de vida. Foi-nos dito que o menu vai crescer e que o bar vai trazer muitas novidades…fiquem atentos ao LNL!

Kambar no Facebook

(Com endereço, número de telefone, etc.)


Por hoje, é tudo. Em breve publicaremos uma nova lista com mais 6 lugares…

Where to eat cheaply in Luanda: 6 Restaurants where you can eat well for less

First things first: cheap means different things to different people, and we know for a fact that this list won’t be to everyone’s liking or standards. Second thing worth mentioning: this is Luanda, one of the most expensive cities in the world. What’s cheap in Luanda can get you a proper meal in an excellent restaurant in New York with a cocktail included. A serious cocktail. Having said that, the best way to make use of this list is to read it with your Luanda goggles on, keeping in mind our peculiar reality in which, on average, a meat dish costs 3.000 AKZ and a fish-based one can run you 3.500 AKZ.

What follows are a group of restaurants where you can eat well for less, without worrying about expenses. There are places that we truly appreciate, not just for their prices but also because the waitresses smile at you, the service is good and the ambiance welcoming. These are places where you can go with an (almost) empty wallet and still leave with a full bully.

Without further ado:

Ethiopian Restaurant

Bairro Operário houses one of Luanda’s best cheap eats: the Ethiopian Restaurant. There’s no menu here – you’ll eat what the manager says is available. The restaurant offers perhaps the most popular Ethiopian dish: a mixture of different meat stews, vegetables and legumes served atop traditional Ethiopian bread (similar to Indian naan) on an aluminum platter. We asked for the dish with “everything”; you also have the option of having just vegetables or just one of the meats. This platter can comfortably feeds two famished diners. We each enjoyed about three cold Cucas during our meal and finished it off with traditional Ethiopian coffee; our bill in the end came to about 3.000 AKZ.

LNL Tip: Avoid this restaurant after it rains. BO’s already bad roads become a nightmare. Another LNL tip: even the slightest bit of English will go a long way here, as the staff is not very good at Portuguese.

LNL Article

(Contains address, telephone numbers, etc)

Vista da Fortaleza

This restaurant is an anomaly in Chicala because it isn’t a shack and because of their varied, extensive menu consisting of Indian, Chinese, Portuguese and Angolan cuisine. It belongs to an Indian family but has a multinational team of cooks. Many of their dishes, across the four different cuisines, cost less than the 3.000 AKZ mark, and the Daily Special is usually 1.500 AKZ. It’s also worth noting that they do carry-out. 

LNL Tip: Again, heavy rains = difficult roads, although due to its location you won’t have to go to far into Chicala. Do enjoy the beautiful view.

LNL Article

(Contains address, telephone numbers, etc)

Restaurante Bar 688 – CLOSED

Chef Rui Sá’s newest restaurant likes to call its fare ‘gourmet Angolan cuisine’. Located in Bairro Popular, it features fresh, delicious takes on several Angolan classics in an unpretentious setting and location. The price quality ratio is very good here and you never feel like you are overpaying for anything. Prices are average for Luanda, with main courses hovering around the 2500-3500kz range.

LNL Tip: After you read the menu, make sure you have at least three choices of what you want to eat. Chances are, your first two choices won’t be available. And do make sure you order a strawberry caipirinha – they’re among the best in town. Unless, of course, they’re not available…

LNL Article

(Contains address, telephone numbers, etc)

Restaurante Bem Fica

The food is what makes Bem Fica stand out, which is always a good sign in a restaurant. The portions are more than generous and we found our meats to be very well seasoned. For the appetizer we had their take on fried calamari, which came with jindungo and their home-made tartar sauce; it was up there with the best calamari we’ve had in Luanda and we nearly asked for a second helping. It was more than enough for two people.  Most main courses are also less than 3.000 AKZ: the bacalhau (codfish) a lagareiro costs 2.350 AKZ while a roast chicken with potatoes and sautéed legumes will cost 1.700 AKZ. Both portions were huge, but they still managed to properly present the plates. We especially liked the roast chicken, but found the codfish dish to be below par. The part of the fish they used was full of bones and is not the typical part that’s used in the making of this traditional Portuguese dish. The portions are huge.

LNL Tip: The restaurant closes at 8:30pm, which means you’ll need to have an early dinner. Seeing that the surrounding roads are all dirt, the usual alerts about rain apply.

LNL Article

(Contains address, telephone numbers, etc)

Cantinho do Sossego

This is one of our favorite spots in the Talatona/Morro bento area. A true oasis in this concrete jungle, a place dominated by greenery. Although the staff is really very nice and welcoming, service is extremely slow. As such, avoid it if you are in a rush…rather, come here to relax and forget about time for a bit. Among our favorite dishes here is the mufete – the palm oil beans are very good. The feijoada is another highlight, as are the fish dishes. Your meal will very rarely pass the 3.000 AKZ mark, and portions are generous.

LNL Tip: If you come at night, bring mosquito repellent. If you come during the day, make friends with the flies. Because there are many. And they want to be your friend.

LNL Article

(Contains address, telephone numbers, etc)

Kam’bar – CLOSED

It’s incredibly difficult to find cheap eats on the Ilha. Thankfully Kam’bar has arrived to put that notion to sleep. The space is well-designed, very unique, cozy and full of attitude and personality. The attention to detail here is very noticeable. This place has the honorable distinction of having the best garlic shrimp in Luanda – yes, in the entire city! -1.300 AKZ for seven huge prawn served with a divine sauce and lightly toasted bread to mop up said sauce. We challenge our readers to find cheaper “gambas” in Luanda. The most expensive item on the menu costs 2.500 AKZ: steak medallions with bacon and sautéed mushrooms. There are also a couple of vegetarian options. The menu is very small, but so are the prices: this author had an appetizer, main course, and beer for a total of 4.050 AKZ. 

LNL Tip: At the time of writing (April 20 2015) Kamba’r is only about 4 weeks old. The menu will expand and management has great plans for the bar. Watch this space!

Kam'bar on Facebook

(Contains address, telephone numbers, etc)


That’s all for today. Soon, we’ll publish another list with 6 more cheap eats…

Comments

comments